Proposta da Diretoria

A seguir são listados os principais temas a serem trabalhados pela diretoria da Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha (Apabor).
Melhorar o relacionamento com o produtor:
Dentre outras coisas, isso será alcançado por meio da realização de reuniões regionais e da elaboração de um informativo mensal que já vem sendo publicado desde junho. Objetiva-se, ainda, mostrar aos produtores a importância do pagamento de taxa de contribuição, para que a Apabor tenha condições financeiras de conduzir seus trabalhos.
Melhorar o relacionamento com as usinas:
Semelhantemente ao relacionamento com os produtores, objetiva-se estreitar as relações da Associação com as usinas de beneficiamento, aumentando o nível de confiança dessas na Apabor. Além disso, pretende-se contar com a colaboração das usinas para o recolhimento da taxa de contribuição. Essa colaboração dos beneficiadores é de fundamental importância para o fortalecimento da Apabor.
Reuniões regionais programadas:
As reuniões regionais fazem parte do objetivo maior de estreitar a relação com os heveicultores do Estado. Mais do que isso, esses eventos levarão informações aos associados, bem como às autoridades e técnicos locais. A participação de instituições de pesquisa e de assistência técnica é importante nesse programa. A primeira reunião regional foi realizada em São José do Rio Preto.
Atuação permanente junto ao governo:
Um dos principais objetivos da Apabor é a atuação permanente junto aos órgãos públicos, tais como a Câmara Setorial da Borracha, da Secretaria da Agricultura do Estado; os Ministérios da Agricultura e da Fazenda, para tratar de assuntos relevantes como a lei do subsídio e outras propostas em discussão, como a criação de um preço mínimo e de uma linha de financiamento a heveicultura; dentre outros.
Acompanhamento permanente do mercado da borracha e seus subprodutos:
Faz parte das novas propostas, o acompanhamento constante do mercado das principais borrachas naturais no mundo, bem como o mercado interno do produto e seus derivados. As informações serão veiculadas nos informativos e, oportunamente, no Website da Apabor. Deverão ser promovidas viagens de observação nas principais regiões e países produtores, de maneira a permitir o conhecimento das tendências do setor.
Programa de expansão da cultura:
A Apabor deverá ser a grande idealizadora do programa de expansão da cultura no Estado, programa esse já elaborado pela Associação e que deverá ser implantado com a mobilização do governo estadual. Além da elaboração das diretrizes do programa, à Apabor caberá a assistência técnica às usinas e nos financiamentos a projetos de investimento em seringais, atuando sempre em colaboração com institutos de pesquisa, como o IAC e a Embrapa, e com órgãos de extensão, como a CATI, por exemplo.
Programa ambientalista:
A Apabor vem atuando no sentido de que seja possível o enquadramento da seringueira na reposição florestal obrigatória, assim como o seu enquadramento no programa de reserva legal. Outras iniciativas são os trabalhos de valorização da seringueira como planta florestal (para madeira e fonte de energia) e estudos para o possível enquadramento de seringais nos polêmicos programas de seqüestro de carbono.
Identificação de novas lideranças regionais:
Seguindo as idéias de atuação regional, a Apabor irá buscar novas lideranças no setor, pessoas essas que possam colaborar com a representação dos interesses locais e com os trabalhos de relacionamento da Associação com seus representados.
Fortalecer a integração com associações congêneres:
A relação entre as entidades de classe é outra vertente que será trilhada pela Associação. Buscar-se-á o estreitamento tanto com entidades co-irmãs, como a Federação da Agricultura do Estado de São Paulo, quanto com entidades representativas de outros segmentos da cadeia da borracha, como a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP) e a Associação Brasileira da Indústria de Artefatos de Borracha (ABIARB). A experiência nos últimos meses vem mostrando que o relacionamento com essas entidades pode trazer resultado positivo para nosso segmento.
Realização de comemorações, homenagens, concursos e prêmios:
Os aspectos culturais também são preocupação nesta nova fase da Apabor. A Associação está trabalhando na criação do prêmio "Os Melhores da Heveicultura Paulista", que irá identificar e homenagear produtores, parceiros e sangradores eficientes, em uma iniciativa que visa a maior integração e reconhecimento de pessoas que se dedicam ao setor. Há, ainda, a idéia de criar um prêmio a ser conferido a jovens pesquisadores da área agronômica, em níveis de mestrado e doutorado, envolvidos em pesquisas científicas de interesse da heveicultura.
Tire suas dúvidas ou deixe sua opinião! Entre em Contato